Sala VIP da KLM: conforto à moda holandesa

O lounge da KLM em Amsterdã é um exemplo de qualidade e atenção com o cliente (ao contrário de algumas salas VIP que vemos no Brasil…)

Na última viagem que fiz, em abril, tive duas experiências completamente opostas com salas VIP.

A primeira nem merece muitas linhas do blog. Eu havia adquirido o cartão de crédito Diners com a finalidade única de ter acesso gratuito aos lounges de aeroportos no Brasil e mundo afora.

Acontece que um mês depois de meu cartão chegar, a Diners simplesmente passou a cobrar R$ 60 pelo acesso às salas VIP do Brasil. Fui pego totalmente de surpresa em Guarulhos, na recepção do “Executive Lounge” do terminal 3, já que não houve nenhum aviso prévio.

Como já estava ali, decidi pagar pra ver, pois não conhecia o lounge da Diners. Foram 60 reais jogados fora. A sala é acanhada e com poltronas desconfortáveis (é preciso fazer ginástica para ligar seu carregador de celular na tomada!). Estava MUITO bagunçada, com pratos e copos que pareciam abandonados havia muitas horas. E a comida, péssima.

Em resumo…
… FUJA DA SALA DO CARTÃO DINERS  EM GUARULHOS!

Minha sorte foi que a conexão na Europa era em Amsterdã, e eu consegui acesso a uma das salas VIP da KLM no Aeroporto Schiphol. QUE DIFERENÇA

Detalhe6

Projetado pela famosa empresa de design holandesa Studio Linse, o Crown Lounge da KLM é elegante e espaçoso.

Na verdade, há há duas salas VIP: a de número 25, para os chamados voos Schengen (dentro da Comunidade Europeia) e o lounge número 52, que atende passageiros de voos intercontinentais. 

Somados, medem quase 6.000 metros quadrados – o equivalente a um campo de futebol.

Foi a sala 52 que visitei. Ali há áreas de descanso, com poltronas confortáveis – todas com tomadas fáceis de alcançar.  Não faltam nichos com bebidas de todos os tipos, inclusive chopp Heineken à vontade.

Há ainda uma boa variedade de pratos quentes, saladas, sanduíches, doces e cafés… Tudo feito com aquele capricho que raramente se acha num buffet.

Sem falar no business center com computadores e impressoras, Wi-Fi gratuito, estações de check in e alterações de reservas, painéis de aviso de voos, telefone, fax, fotocopiadoras e jornais e revistas internacionais.

Por fim, existem chuveiros e ambiente para pais e mães cuidarem de bebês pequenos.

comida5

O mais importante é que o lounge da KLM esbanja capricho e cuidado com o cliente. Funcionários atenciosos, tudo limpo e com muita qualidade.

A entrada é gratuita para passageiros da KLM ou Air France que estejam na classe executiva de um voo ou que possuam os cartões de fidelidade Flying Blue Platinum, Flying Blue Gold ou SkyTeam Elite Plus. Todos podem trazer um convidado.

Os portadores do cartão de fidelidade Flying Blue Silver ou Ivory podem acessar o lounge pagando uma taxa de 45 euros.

Um lounge que realmente vale a pena.

bebida3

Saiba mais: KLM Crown Lounge Schiphol

 

Faça seu comentário aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s