Pousada Quatro Estações

No alto da montanha, esta pousada paulista é um lugar especial para casais apaixonados. Confira!

Você, leitor do Viajando por Esporte, se acostumou a ver nesta seção apenas hotéis sofisticados da Europa ou dos Estados Unidos. Ou, ainda, grandes resorts do Brasil. Pois bem, pela primeira vez eu publico aqui uma pousada. Pousada mesmo, e não um hotel com esse nome – coisa cada vez mais comum no Brasil.

Quando digo “pousada mesmo”, entenda um lugar pequeno, com extrema personalidade e atendimento feito diretamente pelos donos (no caso, o dono), com informalidade e calor humano que você não encontra nos resorts gigantescos, por exemplo.

Estou falando da Quatro Estações, no município de Santo Antônio do Pinhal (SP). Eu já tinha lido sobre ela e visto sua excelente avaliação no TripAdvisor. Mas, ainda assim desconfiava – sou assumidamente cético com a hotelaria nacional, onde, via de regra, cobra-se muito e entrega-se pouco.

Reduto de inverno – Me hospedei na pousada por duas noites (três dias), enquanto fazia uma matéria sobre a cidadezinha de Santo Antônio do Pinhal, na Serra da Mantiqueira, que está cada vez mais na moda, sobretudo no inverno (FIQUE LIGADO, VAI SAIR NA REVISTA VIAJAR PELO MUNDO).

E valeu a pena.

Situada a 7 km do centro, a pousada fica num belo vale, onde sobram sossego e paisagens idílicas. Foi inaugurada em 2005 pelos amigos Adriano Barbosa e Leo Marcos, que estavam cansados da vida maluca da cidade grande. Na época, eram apenas quatro chalés relativamente simples.

Passados quase 11 anos, já são dez, sendo oito deles com hidromassagem para duas pessoas e teto solar. Sim, um janelão enorme no telhado, que permite ver a paisagem e aumentar a iluminação.

Hoje, Adriano gerencia sozinho a pousada, auxiliado por uma equipe de 11 funcionários que ele faz questão de apresentar aos hóspedes no material impresso que fica em cada chalé.

Lá está especificada até a data de entrada do funcionário na pousada (o mais antigo tem dez anos de casa, e o mais novo, dois). Isso revela a valorização que o proprietário dá aos seus comandados. Sentindo-se reconhecidos, eles tratam o cliente com muito mais cortesia e boa vontade – coisa de uma legítima pousada, na melhor acepção do termo.

Uma janela para o céu – Eu fiquei no chalé Hidro Master Top. Como você pode ver nas fotos, o chalé é muito bacana, e a vista é espetacular, pois ele fica no alto da montanha.

O chalé tem hidro, teto solar, bay window, lareira, frigobar, cama queen size, TV led 40 polegadas com assinatura de mais de 100 canais, dvd player, secador de cabelos, wi-fi, telefone e estacionamento coberto.

E também caprichos raros de se ver em outras opções de hospedagem, como guarda-chuvas de cortesia, luz portátil de emergência, incenso e, se o visitante desejar, até pétalas de rosas e velas.

Isso porque a ideia da Quatro Estações é ser um ambiente de romance para casais em lua de mel ou ocasiões especiais (e vale mencionar que o público LGBT está incluído nisso).

Assim, não são permitidas crianças – no máximo jovens acima de 15 anos acompanhados dos pais. Por outro lado, a pousada é pet friendly (animais de pequeno porte são bem-vindos).

Piscina, trilha e contemplação – As opções de lazer ficam por conta da piscina equipada com nicho de hidromassagem, ao lado da sauna e de um bar num deck com mesas de sinuca, ping pong e pebolim (ou totó, como queiram).

Há ainda churrasqueira e forno de pizza à disposição dos hóspedes – tudo isso numa encosta com vista exuberante do vale.

Ah, esqueci: quem gosta de caminhar na natureza dispões de uma trilha em plena mata preservada, na parte de trás da propriedade.

Delícias (nem sempre) caipiras – A gastronomia é garantida pelo chef Thor, no bistrô Seu Beneditu. Eu experimentei e me deliciei com o filé de frango preparado com gengibre, limão e mel, shoyu e cozido com cenoura e abobrinha (R$ 50).

Mas há pratos ainda mais sofisticados, como a truta grelhada na manteiga perfumada com laranja e hortelã, servida com brócolis ao alho e óleo e arroz (R$ 67).

E, na sobremesa, tem gulodices como o minifondue de chocolate com morangos ou, ainda, as bananas em rodelas flambadas ao conhaque e caramelo, servidas com sorvete de creme e farofa de amendoim (R$ 17).

Detalhe: boa parte dos temperos e vegetais vem da horta existente na própria pousada.

Preços e o que pode melhorar – As diárias variam muito conforme o chalé escolhido e a época. O mais barato que você conseguirá será em torno de R$ 316 por noite no chalé standard, em baixa temporada (consulte os valores aqui).

Você deve estar perguntando: “Mas, Mancha, não tem nada de ruim nessa pousada?” Claro que nem tudo é perfeito. Eu fiquei um pouco decepcionado com a qualidade do wi-fi, por exemplo. No meu chalé, quase não pegava. No entanto, Adriano me garantiu que era um problema pontual, que seria resolvido rapidamente.

Outra coisa que é preciso deixar clara é a questão dos insetos. Por mais que os funcionários da Quatro Estações se esmerem na limpeza, a pousada está no meio de uma floresta. É impossível evitar o aparecimento eventual de formigas, mosquitos, mariposas etc..

Muita gente nem liga pra isso. Eu ligo e fiquei um pouco incomodado com algumas frestas nas janelas do chalé (é muito comum os batentes de madeira empenarem um pouco em lugares com amplitude térmica tão grande). Talvez uma tela por fora resolvesse isso.

Mas, repito: esse probleminha mínimo nem de longe atrapalha a experiência. Passar uns dias na Pousada Quatro Estações é garantia de relaxamento, romance e boa vida.


Pousada Quatro Estações, Estrada do Machadinho km 4,5 – Bairro do Machadinho, Santo Antônio do Pinhal – SP
Visitada em janeiro de 2016

  • Diárias: a partir de R$ 316 (chalé simples, baixa temporada)
  • Para crianças? Não (só são permitidos maiores de 15 anos).
  • Romântico? Sim, muito. É a finalidade do lugar.
  • Natureza? Sim, num vale da região da Serra da Mantiqueira.
  • Vistas panorâmicas? Sim, belíssimas.
  • Tem esporte? Não na pousada. Mas é fácil praticar trekking, bike e cavalgadas.
  • Conforto (de 1 a 10): 8
  • Gastronomia (de 1 a 10): 8
  • Spa (de 1 a 10): Não tem
  • Hospitalidade (de 1 a 10): 10
  • Passeios na região (de 1 a 10): 7

Saiba mais: http://www.pousada4estacoesdepinhal.com.br

2 opiniões sobre “Pousada Quatro Estações”

  1. Boa Manchin… ops… boa Mancha!!!

    Ficou anotada a sugestão, parece muito bom mesmo!

    Já nos encontramos umas 3 vezes no mercado, e eu estava desprevenido, mas agora estou carregando seu livro no carro, na próxima vez que te encontrar por ai vai ter que autografar!!!!!! 🙂

    Abraço, sucesso e parabéns pelos trabalhos!

    Giuliano

  2. Eu tava procurando um blog sobre turismo e descobro que PAULO MANCHA tem um kkk muuuito bom blog, Paulo e belissima postagem. Realmente um local calmissimo! O senhor ganhou um eleitor!

Faça seu comentário aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s