Allianz Parque: bom para todas as torcidas!

Fizemos o tour guiado pela moderna arena multiuso paulistana. Um passeio divertido mesmo para corações não verdes! 

Por Flávia Pegorin*

A primeira pergunta que a guia faz é: “Alguém aqui é de fora da cidade de São Paulo?”. A segunda pergunta é: “E alguém aqui não é palmeirense?”.

A primeira pergunta, lógico, era só pra desarmar a moçada. Afinal, quem entraria em um tour no estádio Allianz Parque, cara do alviverde paulista, gritando aos quatro corners que é torcedor de São Paulo, Corinthians, Santos ou times de outros estados?

Bom, foi o meu caso. Mas o tour à arena, além de muito bacana, foi seguro mesmo para uma não palmeirense como eu. Foi surpreendente também, desde o momento inicial até a saída.

O ingresso para a visita guiada ao Allianz Parque, localizado no bairro do Sumaré, zona oeste de São Paulo, é vendido pela internet e, para não sócios do clube, custa R$ 40 a inteira.

Vale o quanto cobra – Visitar o estádio em dias de jogos ou mesmo em um dos megashows marcados ali deve realmente ser divertido, mas conhecer o esqueleto (mais órgãos vitais e também o coração) de uma construção moderna como essa é igualmente interessante.

O tour leva cerca de 1h30 – começando por um “esquenta” na sala de recepção no subsolo, onde funcionários entretêm as crianças e, vestidos a caráter, tiram fotos com torcedores (essa eu passei, juro, ou meu pai são-paulino morreria de desgosto).

Dali, o grupo segue pelos corredores internos, conhecendo parte da antiga estrutura do então Parque Antártica, sobre o qual foi erguido o Allianz Parque (já que o alvará da obra era de reforma, não de um novo estádio).

A visita passa ainda pelo setor de imprensa, mostrando inclusive uma das cabines de rádio e TV, onde jornalistas narram as partidas, e às arquibancadas, mostrando a visão panorâmica que 40 mil torcedores têm da arena.

Wi-fi e água reciclada – A guia aproveita para passar informações interessantes sobre o Allianz Parque – apresenta desde as 500 antenas do wi-fi gratuito para todo o complexo, o local onde breve será aberto um restaurante com vista para o campo

Ela fala também sobre a estrutura em si. O Allianz é recoberto por uma fachada de aço inox que permite melhor aproveitamento da ventilação e iluminação natural, além de funcionar como elemento de controle solar passivo, a fim de moderar a temperatura no ambiente.

A arena conta também com um sistema de captação de água da chuva – fazendo o recurso ser reutilizado dentro das dependências da arena, evitando que as galerias pluviais da região sejam sobrecarregadas em dias de temporal.

Enfim, o gramado! – O tour segue então para o centro pulsante do estádio (pelo menos para um amante do futebol): primeiro vêm os vestiários, modernos, com sala de treino, sala de fisioterapia e os espaços de cada jogar.

É o momento em que os palmeirenses vão à loucura, tirando fotos com as fotos de seus ídolos ou derramando lagriminhas com o vídeo que exibe grandes conquista do clube.

Para os boleiros em geral, o ápice real vem a seguir: a passagem pelo túnel de acesso e a entrada no gramado central.

Palmeirense ou não, todo mundo que curte a bola redonda se emociona imaginando como é ser um jogador profissional e marcar um gol na arena lotada.

Palmeirense ou não, o visitante consegue emocionar com a visita organizada ao Allianz Parque, que tende a virar um passeio obrigatório para quem vem a São Paulo e curte o futebol sem rancores ou o velho clubismo.

Para mais informações: Allianz Parque Tour



flavia-perfil2FLÁVIA PEGORIN
 é jornalista especializada em turismo e gastronomia – mas gosta de praticar bons textos no dia a dia também. É torcedora fiel do São Paulo FC, do New York Jets, do Boston Red Sox, do Chicago Bulls e da seleção feminina de curling da Suécia. Escreve semanalmente no Viajando por Esporte para dividir todas as suas viagens.

Publicado por Paulo Mancha

Jornalista especializado em turismo, foi editor chefe da Revista Viajar pelo Mundo e repórter das revistas Terra e Próxima Viagem. Desde 2003, fez mais de 50 reportagens internacionais e, em 2012 e 2014, foi agraciado com o Prêmio de Melhor Reportagem da Comissão Europeia de Turismo. Comentarista esportivo do canal ESPN, Paulo decidiu unir neste blog as duas paixões: viagens e esportes.

Um comentário em “Allianz Parque: bom para todas as torcidas!

Faça seu comentário aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: