UM BAR DIGNO DE FILME DE HOLLYWOOD

SIROCCO BAR – Bangkok, Tailândia

se-beber-nc3a3o-case-parte-ii-9

Cenário das filmagens de Se Beber Não Case – 2, o maior rooftop bar a céu aberto do mundo é visita obrigatória para quem vai à Tailândia
fotos: divulgação Lebua Hotéis

Ele é o maior rooftop bar a céu aberto do mundo. Localízado no 63° andar da Lebua Tower, em Bangkok, o Sirocco há anos tem sido considerado um dos mais deliciosos lounges do sudeste asiático. Depois que serviu de cenário para o filme Se Beber Não Case 2, em 2011, virou destino certo de quem viaja à capital da Tailândia.

Fama à parte, o bar é de fato um cantinho perfeito para um drinque romântico ou para um happy hour com os amigos quando o sol começa a se esconder por trás dos arranha-céus, dos colossais templos budistas e do Rio Chao Phraya, que cruza a metrópole asiática.

À noite o clima esquenta, com boa música ao vivo (incluindo bossa nova e iazz latino) e muita gente jovem aproveitando os drinques e petiscos sofisticados preparados pelo chef americano Rick Gonzales, ex-responsável por cozinhas de hotéis das redes Ritz-Carlton e Four Seasons.

Veja uma das cenas filmadas no Sirocco (adiante até 0:50)

O menu oferece desde degustação de ostras originárias de quatro oceanos diferentes até o exclusivíssimo beluga imperial- o caviar extraído da mais rara espécie de esturjão do planeta.

A carta de vinhos inclui mais de 200 rótulos, sem contar os coquetéis refrescantes preparados na hora – Bangkok é conhecida pelo seu calor inclemente. Até caipirinha se pode beber por lá, mas a moda asiática, usando bem menos açúcar e com suco de limãoem lugar das fatias da fruta. Com visão tão deslumbrante monopolizando sua atenção, você nem perceberá a diferença.

Sirocco Bar – The Dome at Lebua, Sílom Road, Bangrak, Bangkok, Tailândiadata da visita: jun/2011

  • Para crianças? Não
  • Romântico? Sim, apesar da agitação
  • Formal? Não
  • Ambiente (de 1 a 10): 10
  • Gastronomia (de 1 a 10): 7
  • Carta de vinhos (de 1 a 10): 7 (* ver obs. no rodapé da página)
  • Hospitalidade (de 1 a 10): 8

Saba mais: Sirocco – The Dome at Lebua

¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯

* OBSERVAÇÕES:

CARTAS DE VINHOS – critério de avaliação

Eu não sou enólogo, nem sommelier. Apenas gosto de vinhos. Por isso, meu critério de avaliação é bem particular.

Toda carta começa com nota 10. E vou subtraindo pontos conforme os critérios abaixo:

  • Quantidade: 1 ponto subtraído caso tenha menos de 60 rótulos, 2 pontos subtraídos caso tenha menos de 40 rótulos
  • Abrangência: 1 ponto subtraído para cada continente não contemplado na carta.
  • Preço e taça: 1 ponto subtraído para cartas sem opção de vinho na taça e sem alternativas de preço em todas as faixas.
  • Apresentação: 1 ponto subtraído para cartas confusas; 1 ponto subtraído caso não haja sommelier ou garçom preparado.

Se você discorda ou tem uma sugestão, por favor, fale! Seu comentário será muito bem recebido.

Faça seu comentário aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s