Jantando com Mozart!

Em minha recente viagem à Áustria, tive uma experiência gastronômica ímpar: fui ao St. Peter, restaurante com mais de 1.200 anos de idade, onde você janta vendo um concerto com obras de Wolfgang Amadeus Mozart

Salzburgo

Poucas cidades neste planeta são tão graciosas quanto Salzburgo, na Áustria. E poucos cidadãos tão orgulhosos do lugar onde vivem quanto seus habitantes.

Orgulho esse que fica ainda mais supremo se o assunto é música. Foi aqui que nasceu ninguém menos que Wolfgang Amadeus Mozart, em 1756.

E ele está em tudo.

O apartamento onde passou a infância é um museu disputadíssimo. A casa onde sua família morou quando ele era adolescente também. Tem a doceira Mozartkugel, especializada no chocolatinho de mesmo nome, com a cara do compositor na embalagem.

Encontrei ainda diversas lojinhas de artesanato em que Wolfgang Amadeus é representado por divertidos patos de borracha. Sem falar no Monumento Mozart, que vigia a Praça Mozart desde 1842, e na Universidade Mozarteum – que forma alguns melhores instrumentistas das principais orquestras do mundo.

Olha… é tanto Mozart pra lá e pra cá que dá até para jantar com ele! Ou melhor, com suas composições.

Estou falando do Mozart Dinner Concert, um evento que acontece todas às terças, quintas, sábados e domingos no restaurante mais antigo de Salzburgo, o St. Peter, aberto desde o ano 803 (não, você não leu errado – o restaurante funciona nessa abadia medieval desde o Século 9).

Mozart Dinner Concert (Salzburgo)

CONFIRA O VÍDEO:

Por € 69, você ocupa um lugar nas mesas do Salão Barroco e degusta pratos da alta culinária austríaca ao som de uma orquestra de câmara vestida com trajes de época.

Acompanhando os instrumentistas, um casal de cantores líricos interpreta as obras de Mozart e confere ares cênicos à apresentação, esbanjando bom humor.

Sentei-me numa das mesas da frente e acabei sendo o alvo da bela soprano, que volta e meia me envolvia nos divertidos dramalhões de opereta. Se você é por demais tímido para interagir, pegue uma mesa no fundo. Ou nem vá…

CONFIRA O VÍDEO:

Quanto à comida, o cardápio é fixo, com couvert, entrada, prato principal e sobremesa. Tudo inspirado na culinária austríaca dos tempos de Mozart, na segunda metade do Século 18:

♦ Sopa de frango com limão, nacos de queijo e bolinho de alecrim;

♦ Vitela assada com cobertura de vinho tinto, ervas com polenta branca cremosa e legumes.

♦ Parfait semicongelado de mel selvagem com dois molhos de frutas e biscoitinho “Mozart”

VEJA O VÍDEO:

Refestelei-me com os pratos, vinho de primeiríssima e os falsos olhares lascivos da cantora lírica.

Por falar em vinho, se puder, peça uma garrafa da variedade grüner veltliner – uva endêmica austríaca que dá um branco simplesmente fantástico.

Em tempo, há opções de jantar para vegetarianos e alérgicos, mas é preciso avisar na hora da reserva.

Uma experiência multisensorial, para nunca esquecer…


Parmesolino curtiu!

SAIBA MAIS: Mozart Dinner Concert

Obs.: O restaurante está temporariamente fechado durante a pandemia da Covid-19

Viagem feita a convite do Vienna Tourist Board e do Visit Salzburg.