De bike pelas paisagens da República Tcheca

noicias_bike_rep_tcheca2,A República Tcheca está apostando no cicloturismo para atrair mais visitantes ao país. O governo divulgou recentemente dezenas de rotas cênicas para os aficionados. São mais de 2 mil quilômetros de ciclovias e as trilhas, com diferentes níveis de dificuldade. Além disso, o país também está na rota de quatro ciclovias internacionais: EuroVelo 4,7,9 e 13, permitindo toda sorte de escolha aos ciclistas.

As trilhas do vinho da Moravia do Sul são especialmente populares poque os turistas podem realizar paradas refrescantes ao redor do lago Nove Mlyny. No final do verão, dá para apreciar a colheita das uvas e provar o vinho jovem conhecido na República Tcheca como “burcak”. Também vale a pena visitar a  cidade vizinha de Dolni Vestonice onde acontece a mostra “A Idade de Caçadores e Mamutes”, que reúne obras preciosas como a que foi apelidada de “Venus de Vestonice”, um artefato com mais de 25 mil anos.

noicias_bike_rep_tchecaOutros cenários ideais para ciclistas são as montanhas Jizerske o curso do Rio Elba, com seus 400 km de planícies, vales e cidades históricas. Sem falar na rota mais popular, na Boêmia do Sul, que corre por uma região com dezenas de lagos perto da cidade de Trebon. De bicicleta, é possível percorrer a via com 12 sítios declarados Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

Importante: na República Tcheca  é possível transportar bicicletas em trem e ônibus e ainda há agências especializadas, que oferecem guias e logística necessária aos ciclistas. Sem falar no programa  “Cyclists Welcome”.

Saiba mais: