Os 10 mandamentos do passageiro

Você já teve dissabores em um avião? Já ficou com raiva de outro passageiro? Já reclamou ou ouviu reclamações? Brigas e discussões evoluem a partir de pequenos atritos. Veja dicas de etiqueta a bordo e evite problemas!

output_eRQYNW

Não é raro ver gente discutindo em aviões, sobretudo nos voos longos, aqueles que “cansam” até o mais acostumado a viajar.

Com base na minha experiência e em dicas de comissários, pilotos e outras pessoas versadas no assunto, montei os “10 Mandamentos do passageiro”. Publiquei-os pela primeira vez na revista Jet Magazine, da qual fui editor-chefe em 2008 e 2009. E aqui eles vão novamente:

  1. Nunca mova seu encosto para trás de forma abrupta. Essa é a maior causa de discussões a bordo. Antes de reclinar, dê uma olhadinha para trás, certifique-se de que não há bebidas ou objetos na mesinha do passageiro e, se achar adequado, avise: “Vou reclinar o banco, ok?”. E faça de forma delicada.
    .
  2. Reserve com antecedência a poltrona do corredor se você é daqueles que costuma levantar muitas vezes para pegar notebook, livros ou qualquer outro item no bagageiro. Assim você não perturba ninguém.
    .
  3. Tome cuidado ao abrir o bagageiro. Quedas de itens sobre os vizinhos de poltrona causam constrangimentos e ferimentos. Eu já vi uma pessoa ter um corte na cabeça por conta de um notebook que despencou do bagageiro.
    .
  4. Encosto reclinado atrapalha quem está atrás na hora das refeições. Lembre-se disso!
    .
  5. Tenha cuidado ao colocar e tirar objetos do bolso da poltrona à frente. Também evite encostar os joelhos ou ficar chacoalhando as pernas. Lembre-se que há alguém sentado ali, possivelmente tentando dormir.
    .
  6. Não ocupe todo o apoio de braço. Dividir com o vizinho é mais que uma questão de cortesia; é uma obrigação.
    .
  7. Falar alto, nem pensar. Ouvir música em volume elevado – mesmo com fones – também pode incomodar os passageiros ao lado. Preste atenção nisso.
    .
  8. Comissários não são garçons nem empregados particulares. Trate-os com gentileza, respeito e bom senso. Mesmo se a recíproca não ocorrer.
    .
  9. Cuidado com as bebidas alcoólicas: nas condições de pressão reduzida da cabine o efeito se potencializa. E você perde o bom senso.
    .
  10. Controle suas crianças. A algazarra infantil é frequentemente o estopim para uma briga entre adultos.

.

Em tempo… Quem manda a bordo?

politicianPolíticos, juízes, empresários ou celebridades devem pensar duas vezes antes de disparar o clássico chavão dos viajantes inconvenientes: “você sabe com quem está falando?”. Dentro de um avião, o comandante manda. E não adianta fazer cara feia.

Em caso de necessidade, o piloto decide até mesmo se contém ou expulsa um passageiro – gente agressiva, por exemplo. Na interpretação do Código Brasileiro de Aeronáutica feita pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), ele pode, além de tomar as medidas citadas, delegar a mesma autoridade a outros tripulantes, se achar conveniente.

Em casos extremos o piloto pode e deve pousar o avião em qualquer aeroporto mais próximo ou voltar à origem. E nada muda em território estrangeiro, pois os direitos e deveres dos tripulantes são estabelecidos na convenção internacional de aviação civil. Os passageiros expulsos de um voo são deportados ou, em voos domésticos, são detidos pela polícia para verificação dos fatos.

2 opiniões sobre “Os 10 mandamentos do passageiro”

Faça seu comentário aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s